• Sim, ontem eu postei no twitter que tinha feito isso e todos ficaram curiosos. Ent√£o vou ensinar-lhes.

    Primeira observação que deixo é que não sei se funciona com outros tipos de carvão. Testei somente com o Coco Nara(foto).

    Como só utilizo esse carvão e ele é dificil de acender por completo, pois demora mais de 2hrs para acabar, não da cheiro e não da gosto, acabei encontrando 2 videos que mostram como isso é possivél.

    A regra é simples e nem precisa assistir os videos para entender:

    Basta colocar eles um prato de porcelana (qualquer outro material vai quebrar [foto] ou queimar. Aluminio ou qualquer outro metal vai refletir as ondas e vai detonar seu microondas.) 2 peças próximas com um pequeno espaço entre elas, colocar o microondas na potência 60% e ligar ele durante 1 min e 30seg.

    Pode ser que ele saia uma chama do carv√£o, aconselho parar, apagar e ligar novamente caso n√£o esteja completamente em brasa. N√£o presisa se cagar ficar com medo, j√° fiz 3 vezes e nenhum problema aconteceu (a n√£o ser o prato quebrado).

    EDIT: Fiz um video 🙂

    Se você fazer com outro tipo de carvão, por favor comente seu sucesso ou não.

    Agradeço todos os comentários nos posts, isso me motiva a fazer mais e mais postagens.

  • Fala ai, galera!

    Aproveitando o embalo da entrevista, vamos falar um pouco sobre o fumo Tangiers.

    O Tangiers, como qualquer outro fumo muito bom, não é vendido no Brasil. Nem é considerado Premium para algumas pessoas, para outras ele é um dos melhores. Então varia para cada pessoa.

    As principais caracter√≠sticas dos fumos Tangiers √© que ele pode durar at√© 5hrs de fuma√ßa intensa. Basta deixar ele “respirar” de 4-24hrs como foi dito na entrevista com o Eric, do post passado. Por contrapartida, eles tamb√©m s√£o conhecidos por darem bela de uma tontura em quem fuma.

    Temos 3 linhas do Tangiers:

    Noir: É a linha tradicional. Chega mais proximo aos fumos que fumamos normalmente. Fumo não lavado.

    Lucid: É a linha com menos nicotina mas mantém a mesma qualidade. Fumo lavado.

    F-Line: É a linha com cafeína, sendo um fumo mais forte. Fumo não lavado.

    Quer saber mais? Leia a entrevista inteira logo abaixo.

    Ficou curioso sobre fumos lavados e não lavados ? Aguarde o post de amanhã! Abraços!

  • Primeiramente gostaria de agradecer a aten√ß√£o do Eric pela entrevista e todos os detalhes al√©m parabeniz√°-lo por todo seu esfor√ßo, contribui√ß√£o e forma de pensar. Obrigado, Eric!

    Quem é Eric Hofmann ?

    Um cara normal, mais ou menos. Eu j√° trabalhei para os outros em empresas na ind√∫stria de qu√≠mica org√¢nica, Qu√≠mica em fase G√°s, Qu√≠mica Nuclear, Engenharia Qu√≠mica e Desnvolvimento de Processos. Ent√£o eu decidi come√ßar o meu pr√≥prio neg√≥cio onde eu poderia conhecer pessoas de verdade e deixar um pouco de lado o lado cient√≠fico. Meu refrigerante favorito √© Montain Dew, minha carne preferida √© de pato, jogo xadrez, gam√£o, Skat que √© ¬†um jogo de cartas alem√£o e outros jogos de cartas. Como m√∫sica gosto tamb√©m de Samba e meu hemisf√©rio preferido do planeta √© o Sul. 🙂

    Quando você começou a vender produtos para arguile?

    Meus colegas de trabalho que me encorajaram a fazer isto. Os fumos n√£o eram muito bons ou eram muito caros ent√£o eu quis melhorar este processo. Meu pior inimigo foi o Damasco. Sempre quis fazer um sabor de damasco muito melhor.

    Porqu√™ o nome do fumo se chama “Tangiers” ? Pela cidade portu√°ria de Marrocos?

    Na época só existiam duas regiões principais produtoras de tabaco. O Sham e o Golfo. Os tabacos do Golfo eram mais escuros, mais fortes e normalmente fumados sem o aluminio. O estilo dos tabacos de Sham são os mais parecidos com os tabacos de arguile, que é nosso hobby. Eu queria fazer algo em meio termo, entre textura e qualidade. Queria um nome Árabe mas nada que fosse associado a Sham ou Golfo. Então sobrou Túnisia, Argelia e Marrocos. A Túnisia é pequena e a Argelia tem uma associação meio obscura com os Estados Unidos, então sobrou Marrocos. Das cidades mais conhecidas, Casablanca na qual tem um filme com o mesmo nome. Rabat parece a doença que os coelhos (rabbits)  têm. Marrakesh, na qual tem uma música com o mesmo nome. Tangiers são bem e tem uma forma bacana de se falar. Então Tangiers foi o nome escolhido.

    Quem faz os fumos Tangiers?

    Nós fazemos. Tudo aqui em São Diego, California. EUA. Ele é feito com quase todos os produtos Norte Americanos. A glicerina vegetal Kosher (Kosher são produtos que seguem a lei  judaica) que usamos vem da costa do Pacífico, mas de resto é tudo Norte Americano.

    Onde é produzido o fumo Tangiers?

    S√£o Diego, California. Estados Unidos.

    Foi difícil começar a produzir os fumos Tangiers ou você já sabia como fazer?

    Eu tinha uma idéia de como fazer em um sentido geral dos princípios de fabricação do tabaco,  mas o processo real teve muitos experimentos e muito aperfeiçoamento. Novos sabores ainda são feitos em um árduo processo de aperfeiçoamento do sabor. O número de experimentos variam de 2~60+. Maraschino Cherry e Cola foram particularmente dois sabores dificeis de conseguir um bom resultado.

    Poquê o Tangiers é um fumo molhado ?

    Ele é aparentemente molhado pela glicerina. O teor de água é bem baixo, fazendo com que pareça molhado. Em alguns países, a legislação tributária tornam um tabaco seco mais atraente para os consumidores e eles adicionam sua própria glicerina. Nos Estados Unidos isso não é um problema, então fazemos um produto pronto para o uso.

    Quando e você começou a produzir os fumos Tangiers?

    Os primeiros experimentos começaram em 2001. Nós começamos as vendas em 2005.

    Quais são as caracteríscticas do fumo Tangiers?

    A textura sedosa do fumo. Um sabor mais natural e integral, que é mais balanceado do que outras marcas.

    Porque os fumos Tangiers n√£o s√£o chamados de Premium?

    Eu deixo isso para o comprador decidir por si. Eu sempre senti que é uma marca para ser Premium, or a melhor, ou a mais vendida, ou a mais longa duração para ser imodesto.

    Porque o fumo Tangiers fica melhor se exposto ao ar?

    Uma vez que o teor de √°gua √© baixo e o Tangiers n√£o usa nenhum conservante, corantes ou aditivos, o tabaco ganha e perde umidade de acordo com a umidade do ar. Quando o fumo √© fechado no pacote, ¬†o n√≠vel de umidade fica “trancado” at√© ser aberto. Se a umidade que ele foi feito √© substancialmente diferente do que a umidade onde foi aberto, ele se beneficiar√° por um per√≠odo de 4~24 horas at√© chegar proximo a umidade do local de onde foi aberto.

    Quantos sabores de Tangiers existem ?

    Atualmente, incluindo Lucid, Noir e F-Line existem por volta de 100 variedades. Todos os sabores j√° produzidos pela Tangiers passam de 120.

    Você tem planos para novos sabores?

    Sim, nós estamos lançando mais de 8 novos sabores nas proximas semanas. E vamos lançar de 4-6 sabores do Lucid em torno de um mês.

    Como você teve a idéia de criar o Phunnel ?

    Eu quis tentar fazer um tipo produto somente líquido, sem tabaco e desenvolvi um rosh novo para ele. Eu tentei o novo rosh para o tabaco comum, pensando que funcionaria melhor e fiquei surpreendido em quão bom ele realmente ficou e então comecei a produzir em massa.

    O Phunnel Bowl só é bom para fumos molhados?

    Eu imagino que fumos molhados seriam os únicos que se beneficiariam pelo Phunnel, mas  nunca experimentei com  um fumo mais seco.

    Porquê pintar o Phunnel em duas cores?

    √â mais bonito 🙂 (que mal gosto, hein Eric?)

    Porque o Phunnel tem uma base mais longa? Para inovar, melhor resfriamento ou melhorar o manuseio?

    Principalmente por características de fluxo do gás-líquido, de qualquer forma também certamente facilita ao remover e segurar o rosh quando ele está quente.

    Hoje o Phunnel é conhecido mundialmente. Aqui no Brasil todos estão loucos por um. Você esperava esta repercussão global?

    Bem, não. Diariamente fico espantado com todos os amigos, clientes e simpatizantes que eu encontrei por todo o planeta. Creio que sou um homem modesto que nunca se atreveria a pensar que tantas pessoas podem gostar de coisas eu eu tenha inventado ou criado. Sou humilde de pensar no que eu criei e no que isto significa para as pessoas, seja no Brasil, Afeganistão ou Coréia porque isso importa e eu considero essa afeição das pessoas pelos meus produtos seriamente e vejo isso como uma responsabilidade séria. Eu acredito que um homem pode criar algo no mundo sem ter alguma responsabilidade para que algumas pessoas possam comprar. Eu acho que alguns fabricantes simplesmente fazem algo sem qualquer pensamento de como será o gosto ou de como vai funcionar e se o cliente realmente será feliz com aquilo. Eles olham para produtos como para preencher as lacunas e para competir com outras lojas e não pensam na qualidade do produto. Alguns fabricantes têm realmente muita atenção e preocupação, mas muitos são bem tranquilos na sua cota.

    O que você pensa sobre o mercado Brasileiro?

    Todos nós temos uma relação com o arguile. Seja no Brasil, EUA ou Grã Bretanha, estamos todos ligados de alguma forma humana. Eu não olho para o arguile em termos de país, mas sim em termos de humanidade. Isso não é merecedor de um Prêmio Nobel, obviamente, mas alguém fez uma observação sobre o mundo moderno que eu senti profundamente. Disseram que nós perdemos a movimentação para se inspirar. O arguile me inspira como humano e eu espero que inspire outras pessoas, mesmo de maneiras menores.  Eu nunca vi o mundo como países. Governos formam os países, mas as pessoas são independentes (ou deveria ver-se, desta forma, na minha opinião) e deve-se ver como se juntaram na nossa marcha para a grandeza e os nossos próprios esquecimentos pessoais.

    O Phunnel é feito nos EUA ou você importa da China?

    Ele é feito nos EUA. Apesar de a minha opinião globalista, acho importante, como um cidadão dos Estados Unidos da América, é meu dever fazer algo melhor, algo artesanal, algo substancial, algo que é praticamente o mesmo preço do que tê-lo feito na China. Não estou diminuindo as realizações da China ou da expansão industrial, apesar de eu ser um pouco inclinado para as coisas feitas aqui nos Estados Unidos, no sul da Califórnia, especificamente. Ele me permite garantir que a qualidade ao cliente é a melhor possível.

    Porque você não patenteou o Phunnel?

    Essa √© uma pergunta complicada.¬†Eu n√£o conhe√ßo muito bem o Portugu√™s, mas em Ingl√™s, temos uma palavra: ambivalente.¬†Muitas pessoas nos Estados Unidos fazem o mau uso da palavra, mas significa que voc√™ tem fortes sentimentos de apoio e um forte sentimento contra algo que fora cancelado um ao outro… ao contr√°rio de ser neutro, que significava que voc√™ tinha nenhum sentimento em forma ou de outra¬†.¬†Eu estava bastante ambivalente sobre o patenteamento do Phunnel.¬†Por um lado, eu vi isso como algo que poderia ser ben√©fico se eu n√£o patente√°-lo, as pessoas poderiam fazer mais barato, de qualidade inferior, que eu nunca consideraria fazer.¬†Eu me opunha a essa id√©ia, porque isso reduziria os lucros da minha inven√ß√£o, e presumivelmente as pessoas estariam recebendo algo de pior qualidade, por outro lado, se as pessoas n√£o t√™m muito dinheiro, esses mais baratos podem¬†ser melhor para que mais pessoas poderiam ter recursos para comprar algo que utilizou a id√©ia do Phunnel.

    Qual o melhor: Phunnel ou Vortex? Porque?

    Fiz muitos prot√≥tipos de Phunnel depois do meu sucesso inicial com eles. O rosh mudou um pouco desde a sua concep√ß√£o original.¬†Quatro prot√≥tipos apresentados anteriormente chamados Phunnel-Top com furos nas laterais do Phunnel.¬†Estes apresentaram os mesmos problemas que os primeiros prot√≥tipos com cortes transversais no topo do Phunnel. O suco do fumo come√ßa nele e fica cozido e come√ßa a acumular.¬†Esse ac√∫mulo se torna maior e maior at√© que ele sempre interfere com o desempenho do rosh. Com o buraco grande, o Phunnel √© a minha tentativa de minimizar a manuten√ß√£o que o propriet√°rio tem de fazer nee… ou para torn√°-lo mais f√°cil.¬†Ent√£o, a partir disso, eu diria que o phunnel √© o que eu acho que √© o melhor de todos os testes poss√≠veis e muito trabalho.¬†Pelo que eu entendo, o Vortex t√™m o mesmo problema de ac√∫mulo nos buracos de entrada que eu tinha desde quando eu tentei a id√©ia, ent√£o eu acho que isso faz com que o phunnel seja melhor a esse respeito.¬†Em termos de pre√ßo, os Vortex s√£o mais baratos, ent√£o acho que isso depende do que importa para o cliente.

  • First I would like to thank Eric’s attention by¬†interview and all the details beyond congratulating him on all¬†their effort, contribution and way of thinking.¬†Thanks,
    Eric!

    First question: Who’s Eric Hofmann ?

    I‚Äôm a regular guy, more or less. I worked for others in industry, Organic Chemistry, Gas phase chemistry, nuclear chemistry, Chemical Engineering, Process Development and I decided I‚Äôd rather start my own thing where I can meet real people and not have to hang around scientific types too much. My favorite soda is Mountain Dew, my favorite meat is duck, I play Chess, backgammon, the German card game Skat and a number of other board and card games. I like Samba music also. My favorite hemisphere on the whole planet is the Southern Hemisphere. 🙂

    When and why you started selling hookah products?

    I was encouraged to make them by some business associates. The selection of flavors wasn’t very good or very expansive so I wanted to improve on the whole process. My nemesis was apricot. I wanted to make a much better apricot flavor.

    Why the name “Tangiers” ? a port city of Morocco?

    At the time, there were two main regions producing tobacco. The Sham and the Gulf. Gulf tobaccos are blacker, stronger and normally smoked without foil on. Sham style tobaccos are what we normally associate with most hookah tobacco in our hobby now. I wanted to make something more “in the middle” in terms of texture and quality. I wanted an Arabic name, but one that wasn’t associated with the Sham or the Gulf. That leaves Tunisia, Algeria and Morocco. Tunisia is quite small and Algeria kinda has a dark association with it in the United States, which leaves Morocco. Of the major, well known cities, Casablanca has a movie associated with it. Rabat sounds like a disease rabbits get, Marrakesh has a song associated with it. Tangiers is sonorous and rolls off the tongue nicely. So Tangiers was the one.

    Who makes Tangiers shisha?

    We do. All here in San Diego, California. USA. Its made of almost all American components, the kosher vegetable glycerine we use comes from The Pacific Rim, but otherwise all US-products.

    Where is produced Tangiers shisha?

    San Diego, CA United States of America.

    Was it difficult to begin producing the Tangiers shisha or you already knew how?

    I had some idea of how to make it, in a general sense from other tobacco manufacturing principles, but the actual process took many experiments and much perfection. New flavors are all still made using a many times painstaking process of perfecting the flavor. The number of experiments can range anywhere from 2-60+ experiments. Maraschino Cherry and Cola were two particularly difficult flavors to get to work right.

    Why Tangiers is a wet shisha ?

    It appears wet from the glycerine. The water content is fairly low which actually makes it appear wetter. In some countries, the tax laws make a dry tobacco more attractive to consumers and they add their own glycerine. In the United States this isn’t as much of an issue, so we make a “ready to go” product.

    When do you began to produce Tangiers shisha?

    First experiments occurred in 2001. We began selling in 2005.

    What are the characteristics of Tangiers shisha?

    A silky texture to the smoke.  A more natural and full flavor, that is rounder than other brands.

    Why Tangiers shisha is not called as a Premium?

    I leave that to the buyer to determine for themselves. I have always felt proclaiming a brand to be premium, or the best, or best-selling, or longest lasting or whatnot to be immodest.

    Why Tangiers shisha is better if exposed to air?

    Since the water content is low and Tangiers uses no preservatives, artificial colors or additives, the tobacco gains and loses moisture based on the humidity of the air. When the tobacco is sealed in its package, the humidity level of it is “locked” in until its opened. If the humidity that it was made at is substantially different than the humidity where its opened, it will benefit from taking 4-24 hours to get closer to the humidity where it is opened at.

    How many flavors of Tangiers are there?

    Currently, between Lucid, Noir and F-Line there are around 100 varieties. All the flavors ever made by Tangiers number well over 120.

    Do you have plans for new flavors?

    Yes, we are releasing 8+ new flavors in the next couple of weeks. We will be releasing another 4-6 Lucid Flavors in a month or so.

    How do you got the idea of creating Phunnel bowl?

    I wanted to try making a liquid-only type product without tobacco and developed a new bowl for it. I tried the new bowl for regular tobacco, thinking that it would work better and was surprised at how well it actually did work and started making them en masse.

    Is Phunnel bowl only good for wet shisha?

    I would imagine that wet shishas would be the only type of tobacco that would benefit from the phunnel bowl, but I never tried a dry shisha in it though.

    Why painting Phunnel Bowl in two colors?

    Its prettier. 🙂

    Why does Phunnel have a long base? for innovation, better cooling or improve management?

    For gas-fluid flow characteristics principally, however it certainly makes it easier to remove and handle the bowl when its hot.

    Phunnel bowl today is known worldwide. Here in Brazil everyone is dying to have one. Did you expected  this global repercussion?

    Well, no. I’m daily amazed by all the friends, customers and supporters I’ve found in all corners of the Earth. I like to think of myself as a modest man and never would dare to think so many people could be fond of things that I’ve invented or created.  Its humbling to think of what I’ve created and what it means to people, in Brazil, or Afghanistan or Korea for that matter and I take people’s fondness of my products very seriously and look at it as a serious responsibility. I don’t believe a man can create something in the world without having some responsibility to the people that might buy it. I think too many manufacturers just make anything without any thought as to how well its going to taste or perform and whether a customer might be happy with it. They look at products as filling gaps to compete with other retailers and not the quality of the product. Some manufacturers really do have a lot of care and concern, but many are quite light in their regard.

    What do you think about hookah Brazilian market?

    All of us are tied together in hookah. Whether its Brazil or the United States or Great Britain, we are all connected in some human way. I don’t look at the hookah in terms of countries, but in terms of humanity. Its not Nobel Prize worthy, obviously, but somebody made an observation about the modern world that I felt deeply about. They said we have lost the drive to inspire ourselves. Hookah inspires me as a human and I hope it inspires other people, even in some small way. I have never seen the world as countries. Governments make up countries, but people are independent (or should see themselves in this way, in my opinion) and should see themselves as joined together in our march towards greatness and our own personal oblivions.

    Is Tangiers phunnel made in US or do you import from China?

    It is made in The United States of America. Despite my Globalist views, I think its important, as a citizen of The United States of America its my duty to make something better, something handmade, something substantial, something that is about the same price as having it made in China. I am not diminishing China’s accomplishments or industrial expansion, although I am slightly biased towards things made here in the United States, in Southern California specifically. It allows me to insure the quality to the customer is the best possible.

    Why haven’t you patented the phunnel bowl?

    That’s a complicated question. I don’t know Portuguese at all, but in English, we have a word: ambivalent. Many people in the United States misuse the word, but it means that you would have strong feelings in support of and strong feelings opposed to something that canceled each other out…as opposed to being neutral which meant you had no feelings on way or the other. I was quite ambivalent about patenting the phunnel bowl. On the one hand, I saw it as something that could be beneficial and if I didn’t patent it, people could make cheaper, lower quality knock-offs, which I would never consider making. I was opposed to this idea because it would reduce my profits from my invention, presumably and the quality people would be getting would be worse, on the other hand, if people didn’t have a lot of money, these cheaper knock-offs could be better so that more people could afford to buy something that used the idea of the phunnel.

    Which is best: Vortex or Phunnel? Why?

    I made many prototypes of phunnel bowls after my initial success with them. The bowl changed somewhat from its original design. Four earlier prototypes featured a sealed phunnel-top with holes on the sides of the phunnel. These exhibited the same problems as my early prototypes with cross-cut groves in the top of the phunnel. Shesha juice gets into it and gets cooked on and begins to buildup. This buildup gets larger and larger until it always interferes with the performance of the bowl. The one large hole, smooth-sided phunnel is my attempt to minimize the maintenance that the owner has to perform on it…or to make it easier. So from that, I would say that my phunnel bowl is what I think is the best of all things possible from much testing and work. From what I understand, Vortex bowls have the same buildup problem in the intake holes that I had from when I tried the idea, so I would think this makes the phunnel better in that regard. In terms of price, Vortex bowls are cheaper, so I guess it depends on what matters to the customer.

  • √â uma pergunta que muitos me fazem, ent√£o nada como um belo post para acabar com a d√∫vida.

    Existem muitas diferenças aparentes ao comparar o arguile com o cigarro. No geral, o arguile é caracterizado por fumar-se menos (de 1 a 4 sessões por dia) porém por mais tempo. Tendo uma exposição por sessão mais intensa, que varia de 15 a90 minutos. A absorção de nicotina é equivalente de 2 á 12 cigarros por rosh.

    Retirado de uma pesquisa da WHO (World Heath Assosiation).

    Lendo somente isto, podemos deduzir que:

    • Fumar 2 roshs (90min cada) √© o equivalente √° pouco mais de 1 ma√ßo de cigarro (1 ma√ßo = 20 cigarros).
    • Para fumarmos 100 cigarros temos que fumar 5 roshs.

    Sendo assim, o arguile é tão prejudicial quanto o cigarro e vai te fazer mal pra cacete de qualquer forma. Até ai, já sabiamos que faz mal, né ? Nada como o ministério da saúde tentando nos aterrorizar informar que é prejudicial com aquelas imagens cabulosas nas caixinhas de qualquer tipo de fumo, seja de arguile ou de cigarro.

    Sendo assim, acredito ter terminado com aqueles boatos de que ‘X’ tragadas de arguile equivalem a ‘Y’ cigarros. Pois ao meu ponto de vista a WHO (World Heath Association), deve ter feito uma pesquisa enorme at√© chegar nesses dados, que n√£o s√£o nada absurdos e totalmente plaus√≠veis, ao contr√°rio de mat√©rias feitas por alguns telejornais que colocaram numeros exorbitantes sem ao menos pesquisar em ¬†uma fonte confi√°vel.

    Se te interressou, aconselho você ler o livro por completo que está disponivel gratuitamente aqui (em inglês).

  • Seu arguile j√° est√° com uma marca no vaso da quantidade de √°gua ? Se sim, est√° na hora de lavar seu arguile. Se n√£o, tamb√©m est√°!

    Lavar o arguile é rápido e fácil, arguiles pequenos e médios é tranquilo lavar na pia da cozinha, mas e os grandes? Lá fora, na mangueira.

    De qualquer forma, após lavá-lo, você deve secar com um pano o lado de fora da haste para evitar a oxidação, que ocorre em muitos arguiles.

    Para lavar, desmonte todo seu arguile, inclusive as entradas de mangueira e o respiro (normalmente são rosqueáveis. Cuidado com a bolinha dentro do respiro!). Após desmontar por completo, começe a lavagem.

    Para a haste, vaso e rosh, você pode misturar bicarbonato de sódio e misturar com uns limões expremidos. Assim você tira todo o cheiro.

    Para a parte de dentro, é recomendável que você tenha estas escovas próprias (foto) para tirar todos os resíduos de dentro da haste. Caso não tenha, tape uma extremidade com o dedo, coloque água e assopre soltando levemente o dedo. Repita este procedimento quantas vezes for nessessário. Não é tão funcional como a escova, mas ajuda bastante. Se tiver a escova, recomendo fazer este procedimento também. Para uma limpeza mais eficiente.

    Após lavar tudo, seque cuidadosamente. Para secar a parte de dentro da haste, assopre bastante para tirar o excesso d´agua e deixe em um lugar ventilado para secar o mais rápido possível.

    Ao menos que voc√™ tenha uma mangueira lav√°vel como a Nammor (tire o bico antes de lav√°-la), n√£o √© recomend√°vel que voc√™ lave sua mangueira pois as comuns t√™m uma bobina de metal interna que vai corroer e estragar sua mangueira por completo (caso ela comece a criar aquele p√≥zinho ao puxar, leia isto). Depois de tudo lavado e seco, monte novamente e fume 🙂

    Lavando sempre seu arguile faz com que ele tenha uma vida útil maior e sem gosto de outros fumos, realçando o sabor do fumo.

    Espero ter sanado as d√∫vidas quanto a lavagem. Qualquer d√∫vida ou agradecimento, comente que eu respondo em seguida!

    Por hoje é isso!

    Abraços!

  • Ol√° Ol√° arguileiros de todo o Brasil!

    Estou pensando seriamente em começar a vender as mangueiras Nammor (não lembra? veja aqui!) aqui no Brasil e gostaria de saber de vocês as seguintes coisas:


  • Arguileiros de plant√£o do twitter me solicitaram esse post, ent√£o vamos l√°!

    Primeiramente nós temos que saber do que é composto o fumo do arguile para saber as suas diferenças:

    Tabaco, Mel, Conservantes, Glicerina, Aroma, Sabor e Nicotina é o que você fuma. A quantidade de cada um desses itens é que difere um fumo de outro. Por isso alguns fumos são mais molhados que outro, o sabor é mais acentuado e sua duração são os principais diferenciais.

    A maioria dos fumos vendidos no Brasil são de baixa qualidade. Como os fumos Soex, Afzal, Prince, Cleopatra, Amaren e Havana (nacional). *NÃO RECOMENDADO*

    Superiores são Havana (internacional, que não é mais encontrado aqui), Nahkla, Mizo (linha superior da Nahkla, frabricada pela mesma) e Al Fakher (Semi-Premium).

    Se você procura um fumo de qualidade, recomendo os Mizo e Al Fakher que não tem erro. Alguns sabores Nahkla também são muito bons. *RECOMENDADO*

    Agora se você pode importar, não tem erro em trazer os Starbuzz, Romman, HookaH HookaH ou Social Smoke. Todos esses são fumos Premium. Estes são fumos com seu tabaco lavado antes do resto da produção, quase sem galhos e com melaço maior. Com eles você terá uma sessão de 1:30hr até 2:30hr de duração. Não perdendo o gosto em momento algum. *ALTAMENTE RECOMENDADO*

    Além de existir o Jarak, que é somente encontrado no Oriente Médio e ele parece uma massa e é tão forte que quem não está acostumado desmaia ao fumá-lo.

  • Fala ai, Z√© Fumetas e Marias Fumetinhas, bel√™ ?

    Algumas pessoas ficam em uma enorme dúvida quando vão comprar o Phunnel e outras nem saber pra que diabos serve isso. Sendo assim, vamos as explicações!

    O Phunnel Bowl (ou Rosh Phunnel ou até Funnel para alguns) foi criado pelo Eric Hofmann, dono dos fumos Tangiers (não, não vende no Brasil) que são fumos bem molhados e normalmente seu melaço escorregava para o vaso, perdendo muito sabor. Pensando em como acabar com esse problema, o Eric criou o Phunnel. Que evita que o melaço escorra do rosh para o vaso, maximizando o sabor do fumo e conseqüentemente retardando a queima do fumo, aumentando a duração de sua sessão.

    Temos 4 tipos de Phunnel fabricados hoje. Large (Grande), Medium (M√©dio), Small (Pequeno, imagem) e Alien (Mini). Por esse motivo podemos ficar com uma grande d√∫vida na hora de comprar. “Qual deles devo comprar?”

    Phunnel Grande:

    Quanto de fumo? 70~100gr

    Duração:  5 á 6 horas

    Carv√£o: 4pc

    Pessoas: 8 √° 10

    Onde comprar? www.hookahcompany.com

    Phunnel Médio:

    Quanto de fumo? 60~70gr

    Duração:  2:30 á 3hrs

    Carv√£o: 3pc

    Pessoas: 3 √° 5

    Onde comprar? www.hookahcompany.com e www.hookahjohn.com

    Phunnel Pequeno:

    Quanto de fumo? 40~50gr

    Duração:  1:30 á 2hrs

    Carv√£o: 2pc

    Pessoas: 2 pessoas

    Onde comprar? www.hookahjohn.com e www.hookah-shisha.com

    Phunnel Alien:

    Quanto de fumo? 10~20gr

    Duração: 40~60 minutos

    Carv√£o: 2pc

    Pessoas: Sozinho

    Onde comprar? Somente www.hookahjohn.com

    Acho que por hora respondí todas as questões quanto a Phunnel. Aguardem meu vídeo ensinando como preparar o Phunnel!

    Abraços!

  • E ai pessoal, lembrados de mim?

    Hoje vou comentar de um fato que ocorreu com um colega meu e que estive acompanhando durante esses √∫ltimos meses.
    Esse meu amigo tinha interesse em um narguile que incorporasse o tradicional, chamasse atenção e ainda por cima fizesse uma boa fumaça, para isso indiquei os Khalil Mamoon, que são narguiles egípcios tradicionais feitos a mão. Foi então que ele optou pelo modelo Imhotep.

    Bom, essa foi a primeira tentativa de angustia e insucesso na importa√ß√£o, o arguile foi comprado no hookah-shisha e depois de longos 30 dias chegou a carta na casa dele informando de que sua mercadoria foi detida e esta dispon√≠vel para retirada com acr√©scimo de impostos alfandeg√°rios. Perante essa situa√ß√£o e orientado pelo HS ele optou por devolver o produto (neste caso ele se responsabilizaria somente pelo frete da mercadoria) e eles informaram de que o produto s√≥ foi detido devido a conter fumos junto ao pedido (aqueles meros 50g que acompanham o narguile). Foi ent√£o que ele resolveu tentar mais uma vez, j√° que a argumenta√ß√£o do HS fazia sentido, pois para entrada de qualquer tipo de tabaco no Brasil precisa de registro ANVISA e isso facilita a confisca√ß√£o do produto. Dessa vez sem nenhum fumo no pedido, somente o narguile, por√©m um MYA CRYSTAL! um pequeno deslize eu diria….

    Bom acho que o resultado você já devem imaginar. Aconteceu a mesma coisa!.

    Vou ficando por aqui e deixo essa mensagem para vocês raciocinarem direito antes de pedir seu narguile importado, pense no tamanho, no peso, no valor declarado do produto, na quantidade de produtos do pedido e no método de envio.

    PS: Ele retirou o arguile, pagou R$120 de imposto.

    Espero que tenham gostado
    Abs

© Copyright 2018 - Blog do Arguile - Todos os direitos reservados Joe Black